1fdfe2d553e04fc18698ac515385cb64.jpg
Críticas

Crítica | Deadpool

Write on: Sexta, 12 Fevereiro 2016 08:38

O processo não foi simples; demorou mais que o habitual. Também não foi a primeira tentativa do estúdio. Mas para catarse dos fãs, Deadpool não é somente o filme que todos estavam esperando, como também é o filme de super-heróis que o mundo estava precisando!

Se tentarmos descrever o filme em somente algumas palavras, elas seriam: Genial; insano; hilário; e o mais importante: Inovador. Tenha certeza que nunca assistiu a algo parecido em toda sua vida. No plano geral, temos os filmes de super-heróis um pouco mais infantis; temos os filmes de super-heróis mais sérios; temos os filmes de super-heróis descompromissados. E agora temos Deadpool!

O filme definitivamente não é para crianças. Ele é desbocado, ele é sujo e tarado. Mas isso o faz uma das adaptações de quadrinhos mais fiéis e corajosas de todos os tempos. E o Mercenário Tagarela veio pra renovar esse gênero, que sejamos sinceros, já está ficando um tanto saturado.

Acreditem, Deadpool leva a "zueira" para outro nível. É tão zoeiro, que as referências do filme tem referências. E Ryan Reynolds encontrou o papel de sua vida. Sou capaz de afirmar que não existe outro ator capaz de realizar com tanta perfeição o carisma peculiar do Sr. Pool.

E se Reynolds está de parabéns, o diretor Tim Miller é igualmente responsável por entregar uma excelente e ousada direção. Mas é claro, que se por um lado o filme ficou perfeito para os fãs, aqueles que não são fãs, provavelmente vão sair do cinema com algum tipo mal contentamento (E quem liga para eles?).

Por fim, quando juntamos uma direção fantástica, com piadas geniais, e uma atuação brilhante, o resultado é um épico filme.

5/5

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Pasqual Felipe

Apreciador principalmente da sétima arte e Nerd desde que me conheço por gente, sou idealizador do site Nerd Duty e "amo longas caminhadas na praia" (#SQN, This is Sparta!).

Tenho Sherlock Holmes como meu personagem fictício preferido e quando "crescer" quero ser como ele!