1fdfe2d553e04fc18698ac515385cb64.jpg
Análises

Análise | Game of Thrones: The Sons of the Harpy [S05E04]

Write on: Quinta, 14 Maio 2015 18:17 by 

[Contém Spoilers pesados dos livros e da série]

Sinopse: Jaime e Bronn tentam entrar escondidos em Dorne, através do mar, mas a sua chegada não é o segredo que eles esperavam que fosse. Enquanto isso, Sansa discute seu futuro com Mindinho, Jon é tentado por Melisandre, e Tyrion tem um novo companheiro de viagem em seu caminho para Meereen.

No episódio anterior vimos a Fé Militante causando o caos na capital dos Sete Reinos, punindo os pecadores. Aqui, como o título sugere, temos Os Filhos da Harpia ameaçando não só o poder de Deanerys Targaryen, como representando uma ameaça pública as pessoas. A palavra chave para toda essa situação é CAOS. O caos que vem de dentro das entranhas, gerado por escolhas erradas. Foram as escolhas de Deanerys, ao desafiar a tradição e os costumes do povo de Meeren, que trouxeram o banho de sangue no final do capitulo... E foram as escolhas erradas dos idealizadores do programa que permitiram que esse episódio acontecesse, o pior da quinta temporada.

Barristan Selmy, o Ousado, é um dos personagens mais irado do núcleo de Deanerys nos livros, tanto que está vivo até hoje nas páginas, treinando cavaleiros e governando no lugar da garota (afinal ele é seu Conselheiro), que fugiu nas costas de seu dragão, Drogon. Mas aqui, Sor Barristan simplesmente foi eliminado da série na pior cena de batalha já realizada na história de Game of Thrones. Obviamente livros são livros e séries são séries. Mas venhamos ao caso... Se for para matar um personagem tão querido e tão honrado como esse velho cavaleiro, que seja com estilo. 

Ao menos a chegada de Jaime e Bronn em Dorne rendeu uma cena de luta até interessante, onde o Lannister utiliza sua mão de ouro para se defender de um ataque de um soldado dornense. Essa trajetória do Regicida é algo criado exclusivamente para série, talvez numa tentativa de enrolar os eventos para a série não alcançar os livros completamente, ou seja uma narrativa nova mesmo para o personagem. De qualquer forma, ainda é cedo para julgar. O Jaime dos livros é enviado pela sua irmã numa direção completamente oposta do mapa de Westeros, para quebrar o cerco de Correrio. Se esse rumo dado ao personagem, que tentará de tudo para salvar a filha dele, vai dar certo, só o tempo dirá.

Continuando em Dorne (e que bela serpente colocaram no mapa da vinheta para representar o local!), conhecemos as Serpentes da Areia, as filhas de Oberyn Martell. Ou pelo menos algumas delas, lideradas por Ellaria Sand. Eu não sei até quando essa substituição de Arianne Martell (filha mais velha do Príncipe Doran) por Ellaria será saudável para a adaptação, já que a herdeira de Dorne tinha presença como uma grande personagem feminina. Mas a amante de Oberyn também é descrita como uma mulher forte e muito corajosa. Talvez entre todas as mudanças, essa está longe de ser a pior de todas.

 

Para os leitores, essa nova temporada está bem imprevisível de fato, com todos esses novos rumos aos personagens. A passagem de Sansa Stark por Winterfell tem se mostrado bastante interessante e ativado meu sensor de curiosidade sobre o que pretendem fazer com ela, assim como Petyr Baelish, que foi convocado à Capital e terá que deixar a garota sozinha com os Boltons. Não vou negar que senti uma certa preocupação com Mindinho e seu bem estar, o Maior Vilão da Série. Seria uma armadilha de Cersei porque está desconfiada de seus planos junto com Sansa? Ou a mulher está tão preocupada com o caos que a Fé Militante tem causado para a Capital e as dívidas da Coroa que nem faz ideia do que está rolando no Norte?

Na Muralha é onde têm ocorrido os melhores eventos. Kit Harington tem assumido a postura que o Jon Snow precisava. A sua honradez prova que ele é tão Stark quanto seus próprios irmãos, talvez o filho mais parecido com Ned do que os outros... Do que a própria Sansa que se rendeu a Mindinho e seus planos Maquiavélicos. Ao menos Jon não aceitou o sobrenome Stark como Stannis lhe ofereceu. Ao menos não aceitou ser beijado pelo fogo de Melisandre.

... E tem que ser muito forte para não se deixar queimar pelo fogo da Feiticeira Vermelha. Você não sabe de nada, Jon Snow. Deu arrepios ouvir isso da boca da maligna mulher.

Deu arrepios também ver o gélido e enrijecido Stannis abraçar sua filha. Com certeza o Stannis Baratheon da TV é muito mais humano do que o frio homem dos livros, que se sujeita a tudo que Melisandre diz e aceita, inclusive, queimar crianças e parentes. Depois dessa cena (a melhor do episódio), eu decidi que gosto mais dele e que não me importaria se ele conquistasse o Norte ou o reino inteiro nessa ocasião.

Na capital a Fé Militante continua fazendo sua “limpeza”. E a vítima dos fanáticos religiosos dessa vez foi o Cavaleiro das Flores, Loras Tyrell. Obviamente sua irmã e rainha não sentiu-se satisfeita com o ocorrido, responsabilizando Cersei pelo ato e exigindo que seu jovem marido tome uma providencia. Como bem sabemos, o Rei Menino é um frouxo e sua segurança pode estar ameaçada pela Fé, já que é um bastardo filho de incesto. Sobre Loras, suas passagens no livro soam bem mais envolventes do que aqui. Na historia original, o exímio cavaleiro parte para confrontar a Frota de Ferro dos Greyjoys e recebe o Comando do Cerco de Pedra do Dragão, onde é atingido por óleo fervente e fica gravemente ferido.

E sobre a jornada de Tyrion... Como resumiram não? Ignoraram todo o arco do Jovem Aegon Targaryen numa tacada só. Uma das melhores fases do livro que já podemos dizer adeus. Obrigado David Benioff e Dan Weiss, pela grande consideração com os leitores.

3/5

DEIXE SEU COMENTÁRIO

 

André R. Candeias

Nerd. Escritor. Leitor. Tenho Stephen King como meu mentor platônico nos livros. Sou DCnauta assumido. Meu jogo predileto é Silent Hill. Meus diretores prediletos são Christopher Nolan, Peter Jackson e Zack Snyder.

Pra relaxar adoro ouvir trilhas sonoras, principalmente as de Hans Zimmer.

Além do mais sou fã assíduo de Star Wars, o universo da Terra-Média de Tolkien, Game of Thrones e por último, mas não menos importante, The Walking Dead.

Website: https://www.facebook.com/lordcandeias