1fdfe2d553e04fc18698ac515385cb64.jpg
Análises

Análise | Game of Thrones: Kill the Boy [S05E05]

Write on: Sexta, 15 Maio 2015 03:08 by 

[Contém Spoilers dos livros e da série]

Sinopse: Dany toma uma difícil decisão em Meereen. Enquanto isso, Jon recruta a ajuda de um aliado inesperado. Já Brienne procura Sansa, enquanto Theon continua sob o controle de Ramsay.

“Mate o menino e deixe o homem nascer.”

A instrutiva frase do Meistre Aemon induz o novo Comandante da Patrulha da Noite a fazer escolhas que podem dividir ainda mais a opinião de seus irmãos sob seu comando. E escolhas difíceis, mesmo que sejam baseadas num código de honra, no que é o certo, às vezes estão fadadas ao fracasso. 

Dany provou o amargo sabor das consequências com a morte de seu mais leal aliado, Barristan Selmy. E, como se não bastasse, está disposta a cometer ainda mais besteira impulsionada pelo sentimento de fúria pelos ataques dos Filhos da Harpia. Ao menos no final do capítulo ela decide ser mais estratégica, oferecendo sua mão em casamento para Hizdahr zo Loraq; um gesto bem diferente dos livros, já que é Hizdahr que oferece a proposta de união matrimonial a Mãe dos Dragões. Desde o capítulo anterior, é possível notar que essas mudanças no arco de Dany, mesmo que sutis comparados aos outros personagens estão prejudicando sua história, tornando-a desinteressante.

Diferente de Dany está à trajetória de Jon, que nesse episódio liderou cenas intensas, principalmente ao lado de Tormund. A proposta que o novo comandante lhe faz os levará ao lado Norte da Muralha para resgatar os selvagens que se encontram em perigo, correndo risco de serem mortos pelos Vagantes Brancos. Essa viagem é uma tomada original da série. O mesmo havia sido feito na temporada anterior quando Jon parte para a Fortaleza de Craster a fim de dar cabo dos homens da Patrulha da Noite que haviam traído o Lorde Comandante Mormont. Às vezes essas extraviadas que a série toma dos livros tendem a dar certo e impressionar. E eu estou com um pensamento positivo quanto a isso.

Em Winterfell foram onde ocorreram as melhores cenas do episódio. Brienne está lá para cumprir sua promessa em proteger Sansa, uma outra decisão original da série para a personagem e que não parece tão ruim, agora que temos certeza que Lady Coração de Pedra foi extinta do programa pelos idealizadores. 

Se o dialogo entre Jon e Tormund teve sua tensão, a cena em que Sansa partilha uma refeição ao lado dos Boltons foi de causar arrepios; é como se fosse acontecer alguma merda a qualquer momento. Iwan Rheon possui uma atuação tão monstruosa quanto seu próprio personagem. O que o ator expressa é doentio, esboçando o desejo ilimitado de Ramsay machucar aqueles que estão envolta de si. Até mesmo seu pai, Roose, se mostrou em um momento temeroso com as atitudes de seu filho bastardo. Apesar de tudo, a garota Stark tem sido forte, destemida, como se soubesse o próximo passo que teria que dar. Eu queria essa Sansa ao lado de Joffrey. E digo isso porque com certeza Ramsay é bem pior do que Joffrey. 

Outra cena envolvendo os Boltons está num dialogo entre Roose e Ramsey, onde o novo Guardião do Norte declara que quer seu insano bastardo ao seu lado para lutar contra Stannis, pois o Norte pertence a eles. Vilões! São eles que trazem esse peso para a história, essa tensão que nos deixa apreensivos.

E você se perguntava se havia família pior que os Lannisters. Conheça os Boltons.

Winterfell marcou sim as melhores cenas do episódio. Brienne e sua obsessão em cumprir a promessa que fez a Catelyn Stark. Sansa e seu jogo dos tronos ao lado de Mindinho. Ramsay e seu desejo de esfolar qualquer criatura viva. Mas também não podemos nos esquecer de Theon (ou Fedor soa melhor?) sendo torturado em corpo e espírito dia após dia. Seu semblante e psicológico representa a arte doentia de Ramsay. “Ele não é mais nascido do ferro”, diz seu mestre. Uma frase que ecoa seu fracasso em agradar seu pai. Sua jornada resultou num canil para repousar e num senhor para machuca-lo. Será que resta ainda alguma missão para Theon, seja para alcançar o poder que nunca obteve ou simplesmente para se redimir? E quanto a Sansa que está tão segura de si? Será que realmente ela está a salvo longe de Mindinho e perto o bastante de Ramsay, Roose e Myranda?

A falsa gentileza de Myranda não é a mesma das garotas da Capital. É melhor ter cuidado Sansa.

Não podemos nos esquecer de Theon e Jorah, navegando pelas águas da antiga Valyria. O visual do cenário está incrível. O vislumbre de Drogon e a cara que Tyrion faz são de arrepiar. Porem, mais do que isso foram os homens de pedra atacando-os de forma surpresa. O suspense nos arrebata de tal forma como faziam os Vagantes Brancos nas temporadas anteriores. A dinâmica entre o Cavaleiro Exilado e o Duende começou a surgir de maneira positiva nesse capitulo. Será que haverá certa lealdade entre eles no decorrer do caminho a Meeren?

 

Algo interessante sobre essa cena comparada aos livros é que esse evento ocorre antes de Tyrion ser sequestrado por Jorah. O pequeno Lannister navegava nessa ocasião com o jovem Aegon Targaryen e Lorde Jon Connignton em direção a Deanerys. Diferente da série é Jon que pula na água para salvar Tyrion, sendo contaminado por Escamagris. Será interessante ver o que farão com Jorah agora que ele adquiriu a doença. Talvez o filho de Jeor Mormont ocupe a posição de Jon Connington cujo objetivo após a escamagris é ajudar o jovem Aegon a conquistar Westeros e morrer feliz em seu castelo.

Fico feliz em afirmar que essa foi uma das mudanças mais interessante com relação ao livro. E posso afirmar com todas as letras também que esse é o melhor capitulo da quinta temporada até agora.

5/5

DEIXE SEU COMENTÁRIO

André R. Candeias

Nerd. Escritor. Leitor. Tenho Stephen King como meu mentor platônico nos livros. Sou DCnauta assumido. Meu jogo predileto é Silent Hill. Meus diretores prediletos são Christopher Nolan, Peter Jackson e Zack Snyder.

Pra relaxar adoro ouvir trilhas sonoras, principalmente as de Hans Zimmer.

Além do mais sou fã assíduo de Star Wars, o universo da Terra-Média de Tolkien, Game of Thrones e por último, mas não menos importante, The Walking Dead.

Website: https://www.facebook.com/lordcandeias