1fdfe2d553e04fc18698ac515385cb64.jpg
Críticas

Crítica | Marco Polo [1ª Temporada]

Devo dizer que a primeira temporada de Marco Polo sem dúvida foi uma surpresa mais do que agradável. Quando tive a oportunidade de assistir o primeiro episódio na Comic Con Experience, admito que apesar de demonstrar uma produção incrível, ele não me empolgou. Mas ainda assim, dei outra chance para a série, que havia até mesmo sido nomeada no evento como uma "Game of Thrones da Netflix". Também sinto a obrigação de revelar que essa nomeação se revelou justa, e o que a série não me empolgou em seu primeiro episódio, me fez ficar com o "queixo caído" no restante da temporada.

Obrigatoriamente começando pela incrível pericia de sua produção. Não sinto receio de afirmar que é uma das melhores produções que tive o prazer de presenciar em uma série de TV. Em especial, as locações são esplendidas fazendo com que os cenários sejam tão lindos como são realistas. E felizmente esse esmero de produção não é desperdiçado, pois acompanha uma trama interessante e envolvente, fazendo Marco Polo uma grande surpresa.

A trama acompanha o historiador veneziano Marco Polo e sua tentativa de sobreviver em um império desconhecido, liderado por Kublai Khan, neto do grande Gengis Khan, que tem a intenção de atravessar os Grandes Muros (sim, a muralha da China) e levar o povo Mongol ao controle do país.

E o comparativo a Game of Thrones é iminente, mesmo existindo grandes diferenças entre elas. Enquanto a série da HBO é algo mais político, situado em um mundo fictício e tendo como principal trunfo seus atores, Marco Polo consegue misturar uma trama política com uma grande e bem-vinda quantidade de ação. Sendo situada no coração da China, o Kung-Fu é um elemento muito presente na série e pelo o que foi mostrado, seus realizadores não perderam nenhuma oportunidade de realizar uma luta bem coreografada.

O elenco, sendo na maioria atores pouco conhecidos, é esforçado e consegue acompanhar  a destreza que envolta a série. Marco Polo é claramente a série mais ambiciosa da Netflix, até porque com um orçamento de 90 milhões não poderia ser diferente. E quanto ao futuro da série, a única coisa que tenho a dizer é que estou ansioso para poder novamente me aventurar com o grande Marco Polo.

4/5

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Pasqual Felipe

Apreciador principalmente da sétima arte e Nerd desde que me conheço por gente, sou idealizador do site Nerd Duty e "amo longas caminhadas na praia" (#SQN, This is Sparta!).

Tenho Sherlock Holmes como meu personagem fictício preferido e quando "crescer" quero ser como ele!